Biblioteca Vaticana reabre com maior segurança para proteger patrimônio

Cidade do Vaticano, 13 set (EFE).- Depois de três anos fechada para ser submetida a uma intensa restauração, a Biblioteca Apostólica Vaticana reabre as portas em 20 de setembro com novas medidas de segurança para proteger o extenso patrimônio literário que remonta ao século III.
Vários problemas estruturais obrigaram o fechamento temporário do edifício em 2007 para garantir a conservação dos milhares de documentos que fazem parte dos arquivos e que, a partir de agora, poderão ser consultados de maneira mais fácil.
Os trabalhos foram acompanhados de perto pelo papa Bento XVI e a obra deve ser totalmente concluída dentro de dois anos, garantiu hoje, durante a apresentação da restauração, o cardeal Raffaelle Farina, bibliotecário da Santa Igreja Romana.Entre as melhorias estão um novo sistema de admissão, um método de consulta de documentos informatizado, conexão à internet, maiores controles de segurança e melhorias estruturais em várias das salas.

“A principal novidade é a informatização do acesso e de outros procedimentos que são realizados habitualmente na biblioteca, graças a um cartão com um microchip que os estudiosos receberão no momento da inscrição”, explicou hoje o prefeito regional da Biblioteca Apostólica, o bispo Cesare Pasini.
Desta maneira, tanto os materiais de consulta quanto os usuários da biblioteca estarão identificados o tempo todo e será possível confrontar os dados de ambos para impedir que os livros e documentos mudem de lugar sem permissão.
“Se temos esses bens, devemos protegê-los”, justificou o prefeito regional da Biblioteca, que conta com um patrimônio literário de 1,6 milhão de textos.

Leia mais

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=G4JU4FcM6EA]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
This entry was posted in Artigos and tagged . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *