20 anos Biblioteca Central do Gragoatá UFF

A BCG – Biblioteca Central do Gragoatá – está completando, em 2014, 20 anos de atividade. Situada no Campus do Gragoatá, a BCG é a maior biblioteca da Universidade Federal Fluminense.

A Biblioteca Central do Gragoatá faz parte da Superintendência de Documentação (SDC) – Responsável pela coordenação técnica e administrativa do Sistema de Bibliotecas e Arquivos da Universidade Federal Fluminense. Criada em 25 de abril de 1994, seu acervo é formado pela reunião das coleções originárias das antigas Bibliotecas da Escola de Serviço Social; da Faculdade de Educação; do Instituto de Arte e Comunicação Social; do Instituto de Ciências Humanas e Filosofia; e do Instituto de Letras.

A BCG é especializada nas seguintes áreas: Antropologia, Arquivologia, Artes, Biblioteconomia e Documentação, Ciências Sociais, Cinema e Audiovisual, Educação Física, Estudos de Mídia, Filosofia, História, Jornalismo, Letras, Pedagogia, Produção Cultural, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Relações Internacionais, Serviço Social, e Sociologia.

O acervo da BCG é composto por mais de 200.000 itens, dentre eles: Livros, Periódicos, Teses e Dissertações, Trabalhos de Conclusão de Curso, Partituras, Multimídias, etc. A Biblioteca possui ainda em seu acervo Coleções Especiais, são elas:

  • Temáticas: Coleção Estudos Americanos; Coleção Estudos Galegos; Coleção do Laboratório de História Oral e Imagem (LABHOI); Coleção Projeto RESGATE.
  • Particulares: Coleção Alair Gomes (Jornalista e Fotógrafo); Coleção Maria Jacintha (Teatróloga e Crítica); Coleção Ismael Coutinho; Coleção Bezerra de Menezes; Coleção Bárbara Levy; Coleção Lydia Podorolski.
  • E ainda uma importante Coleção de Obras Raras/Antigas.

Fonte: Blog da Biblioteca Central do Gragoatá.

Acesse o vídeo aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
This entry was posted in Acontece nas bibliotecas da Rede, Artigos and tagged , , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *