Biblioteca do Museu Reina Sofia

A Biblioteca do Museu Reina Sofia em Madri possui um acervo especializado em Arte Contemporânea, voltado a pesquisadores e estudantes, assim como ao corpo técnico do próprio museu. Está composto de documentos impressos, relacionados com arte contemporânea desde finais do século XIX até a atualidade. Todas as manifestações artísticas e técnicas estão representadas neste extenso acervo de mais de 130.000 documentos: estética, teoria e história da arte, pintura, escultura, desenho, artes gráficas, fotografia, design, arquitetura, música, cinema, vídeo, arte digital etc.

00596295FOTO_AMPLIADA

O acervo reúne materiais de grande valor e que requerem um tratamento específico como os arquivos pessoais de artistas, coletivas de artistas e galerias de arte que constituem material documental de primeira ordem para a investigação de Arte Contemporânea de âmbito majoritariamente hispânico. Inclui também material crítico e biográfico, catálogos de museus e coleções particulares, atas de congressos, audiovisuais, prospectos, fotolivros, quadrinhos, fanzines etc.

Dentre suas coleções destacamos as seguintes:

Reserva, que engloba catálogos tanto individuais como coletivos de especial relevância na evolução das manifestações artísticas de determinados períodos; obras raras de tiragem limitada e com ilustrações originais; manuscritos, correspondência e fotografias.

Fotolibros, fotolivro é um livro que contém um conjunto de imagens fotográficas ordenadas com uma coerência interna, um ritmo visual e um sentido narrativo próximo ao da literatura e do cinema.  Surgida na década de 1920, o fotolivro atinge a sua época dourada com o desenvolvimento tecnológico dos processos de edição e de impressão digital.

Ephemera, os materiais impressos efêmeros constituem uma série de materiais muito heterogêneos produzidos para uso em curto prazo e que normalmente não costumam ser preservados, como por exemplo, convites, postais, cartazes, cartões comerciais, folhetos, anúncios, prospectos, ex libris etc. O contexto em que foram produzidos esses materiais faz com que tenham valor histórico e documental.

Para mais informações, vale a pena consultar a página da biblioteca e acessar o catálogo online:

http://www.museoreinasofia.es/biblioteca-centro-documentacion

Escrito por Carlos Alberto Della Paschoa (Instituto Cervantes)
Publicado em: 13/03/2016

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
This entry was posted in Artigos, Bibliotecas de Arte do Mundo and tagged . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *