Instrumentos de controle terminológico

Controlled Vocabularies
Guia descritivo de tesauros. Contém uma lista descritiva de recursos para construção e uso de tesauros. Dividido por áreas do conhecimento. Em inglês.

The Getty Research Institute
Vocabulário estruturado com terminologia para arte, arquitetura, artes decorativas e cultura. Compatível com as normas internacionais, fornecendo informações de autoridade para catalogadores e pesquisadores. Em inglês.

Tesauro Brasileiro de Ciência da Informação
Instrumento fundamental para consistência de terminologia e de vocabulário de determinado campo do conhecimento, o Tesauro Brasileiro de Ciência da Informação tem ampla aplicação não somente para indexadores, como também pesquisadores, professores e profissionais de informação em geral. (2014)

Tesauro de Folclore e Cultura Popular
Tesauro on-line especializado em Folclore e Cultura Popular, elaborado em parceria do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular – IPHAN com a Unesco entre março de 2003 e janeiro de 2004. O Tesauro conta inicialmente com cerca de 2000 termos, conceituados e relacionados, em esforço conjunto de profissionais de informação e especialistas da área, e agora passa por sua primeira revisão para inclusão de novos termos.

Tesauro da Unesco
Vocabulário controlado, desenvolvido pela UNESCO, que inclui entradas de assuntos para diversas áreas do conhecimento. Permite consulta on-line. Em inglês. Outra entrada aqui.

Vocabulário Controlado para as Artes do Espetáculo
Vocabulário Controlado para Fotografia
Desde a década de 1980, a equipe da Biblioteca Jenny Klabin Segall do Museu Lasar Segall, em conjunto com instituições parceiras, vem se dedicando a desenvolver instrumentos de controle terminológico para a representação e a recuperação da informação no campo das artes do espetáculo e da fotografia.

Vocabulário Controlado do SIBi/USP
Lista de assuntos utilizada para a indexação de recursos de informação no Banco de Dados Bibliográficos da USP, DEDALUS. O Vocabulário abrange as áreas do conhecimento inerentes às atividades de ensino, pesquisa e extensão da Universidade de São Paulo, e é constituído de termos de entrada, entre os autorizados para indexação, os termos “não-autorizados”, que operam como remissivas, e os elos “falsos”, os quais apenas agrupam termos mais específicos.

Vocabulário Controlado de Artes e Catálogo de Autoridade
O Vocabulário Controlado de Arte foi desenvolvido no período de 1989 a 1991 por um grupo de bibliotecários especializados em artes, sob a coordenação da professora da ECA/USP Maria Christina Barbosa de Almeida, com o apoio do Instituto Cultural Itaú (ICI), hoje Itaú Cultural.

Introdução aos Vocabulários Controlados – Terminologia para arte, arquitetura e outras obras culturais

Quarto volume da Coleção “Gestão e documentação de acervos: textos de referência”, traduzido do original produzido pelo Getty Research Institute por meio da parceria da Secretaria da Cultura com a Universidade Federal Fluminense (RJ), o Instituto de Arte Contemporânea, Pinacoteca de São Paulo, Museu da Imigração, Museu da Imagem e do Som e ACAM Portinari. Secretaria da Cultura do Estado: Pinacoteca de São Paulo: ACAM Portinari, 2016.