Biblioteca. Departamento de Acervo. Museu Histórico Nacional

Biblioteca. Departamento de Acervo. Instituto Brasileiro de Museus. Museu Histórico Nacional

Praça Marechal Âncora, s/n°
20021-200  Rio de Janeiro-RJ
Tel.  +55 21 2550-9264
Tel./Fax: +55 21 2250-9251

Acesso ao banco de dados através do site www.museuhistoriconacional.com.br
bibliotecamhn@gmail.com
Histórico:
A Biblioteca do Museu Histórico Nacional foi criada em 1922, através do regulamento de criação do Museu. Atualmente o seu acervo é composto por 57.369 volumes entre livros, folhetos, periódicos e materiais especiais. Toda essa coleção é formada por obras relevantes para o estudo de Arte, Numismática, Indumentária, História do Brasil, História do Rio de Janeiro, História de Portugal, Heráldica, Genealogia, Gastronomia, Museologia, bem como temas relacionados. Os itens mais antigos de seu acervo são livros impressos dos séculos XVI e XVII; encontram-se também publicações do século XVIII e uma grande coleção de obras impressas dos séculos XIX e XX.

Para a formação desse magnífico acervo, a biblioteca contou com significativas doações de grandes coleções particulares, que pertenceram a personalidades importantes no contexto histórico e cultural do país. São elas:

Miguel Calmon – Miguel Calmon du Pin e Almeida foi senador, ministro da Viação e Obras Públicas e ministro da Agricultura, no início do século XX. A sua biblioteca pessoal é formada por obras sobre Educação, Obras Públicas, Agricultura, História do Brasil, biografias de personalidades públicas, entre outras.

Gustavo Barroso – Gustavo Dodt Barroso fundou e dirigiu por longos anos o Museu Histórico Nacional; foi membro da Academia Brasileira de Letras; responsável por várias revistas cariocas; escreveu inúmeras obras em várias áreas do conhecimento, entre outras participações na vida pública. Sua Biblioteca particular é muito abrangente. Dela podemos ressaltar obras sobre Arte, Folclore, Literatura, Política, História do Brasil, História Universal, Museologia e Antropologia.

Sophia Jobim – Sophia Jobim Magno de Carvalho criou o primeiro Museu de Indumentária de Antguidade da América Latina, foi professora da Escola Nacional de Belas Artes, museóloga e desenhista. Artes, Indumentária e Gastronomia são os temas de seu magnífico acervo.

Numismática – É um acervo importantíssimo para o estudo das moedas, medalhas e selos. Coleção doada pela Biblioteca Nacional, do Brasil.

Outras coleções particulares e áreas de abrangência:

  • Jenny Dreyfus                           Arte e Genealogia;
  • Lauryston Guerra                      Brasil República;
  • Coleção Herculano Mathias       História do Brasil;
  • Coleção Analido Barraçal          Rio de Janeiro;
  • Coleção Fábio Freixieiro           Literatura Brasileira;
  • Coleção Ligya Cunha                 Rio de Janeiro;
  • Coleção César Balbi                  Arte

Há também as obras que são identificadas pelos nomes das Séries – Coleção Brasiliana e Coleção Documentos Brasileiros, que possuem preciosas informações para o estudo da História do Brasil.